PISO DE MADEIRA PREÇO

O acabamento de uma casa costuma ser a parte mais difícil de uma obra. Afinal, escolher cores de parede, rodapés e pisos não é trivial – você está escolhendo a decoração do seu lar! O ideal é começar a pensar nisso com antecedência para ter tempo de comparar preços.

Pisos em madeira são elegantes e aconchegantes, e estão cada vez mais fazendo a cabeça de quem quer construir ou reformar.

No entanto, esse tipo de piso é delicado e exige uma série de cuidados tanto para a instalação quanto para a manutenção.

Além disso, os preços de pisos de madeira costumam variar bastante de acordo com o modelo escolhido, por isso na hora de comparar é necessário tomar cuidado para comparar preços entre os mesmos modelos.

Outro detalhe que pode influenciar o preço do piso é a região em que você mora, pois existe uma série de fatores atrelados a isso, como preço de transporte, valor médio da região entre outros.

A instalação de um piso de madeira é um processo complexo e que pode incomodar os moradores, pois terá poeira e muito cheiro de resina. Para evitar o incomodo procure ficar em casa durante o tempo de instalação.

Além disso, prepare o bolso, pois a instalação de pisos de madeira implica em várias preparações do contrapiso, contra a impermeabilização que podem aumentar em até 20% o orçamento.

Às vezes é necessário também transportar as tábuas para um apartamento através de içamento – verifique se a instaladora prove o serviço.

Opções de pisos de madeira

Existem várias opções de pisos de madeira, por isso é importante conhecer um pouco mais sobre cada variedade para fazer a escolha certa para sua casa. Afinal, cada tipo de piso tem suas próprias particularidades e inclusive preços diferentes.

O assoalho, por exemplo, é um dos tipos mais populares justamente devido ao conforto térmico e durabilidade do piso – ele pode durar até mais de 30 anos quando é bem cuidado. Algumas empresas vendem o assoalho já pronto para instalação, preparados com uma película protetora de dióxido de alumínio, que dispensa a lixa e a resina, facilitando a manutenção.

Um tipo de assoalho que está ganhando bastante popularidade é o bambu, por ser uma matéria prima de origem renovável e também possuir uma aparência diferente das madeiras tradicionais.

Já o piso de taco é mais tradicional e costuma ser mais barato. Possui a espessura mais fina e pode ser colocado sobre pisos que já estão instalados. Permite 5 tipos de estilo de paginação: espinha de peixe, dama, escama de peixe, paralelo e convencional. Devido a isso possui um índice de perda de material que pode variar entre 8% a 15% dependendo do tipo de desenho escolhido.

O parquê difere do taco na medida, já que é composto de quatro peças unidas que juntas formam peças quadradas.

A opção de piso laminado é uma opção que tem a instalação rápida e que não faz muita sujeira. O problema é que este tipo de piso não aceita tonalização e nem recuperação.

O carpete já é composto por placas de madeira compensada ou ainda HDF, recobertas com madeira maciça envernizada. As tonalidades podem ser variadas.

O piso de madeira deve ser colocado em casas que possuem o piso ok, sem infiltrações ou umidade.

O piso de madeira é lindo e deixa a casa charmosa e muito bonita. Visite sites especializados em construção e reformas como http://casa.abril.com.br/canais/testes-simuladores/piso-madeira/, que oferece um simulador para auxiliar na escolha do piso.

Comente (será moderado)